GRAPHIA_arte-de-viver-gde.jpg

LITERATURA brasileira

A ARTE DE VIVER E OUTRAS ARTES

Cadernos de João, ensaios, crítica dispersa, autorretratos

ANÍBAL M. MACHADO

Reunião da prosa existencial de Cadernos de João com textos críticos sobre artes plásticas, cinema e literatura de um dos mais influentes intelectuais brasileiros do século XX.


Cinco dos oito títulos que compõem a bibliografia de Aníbal Machado, da forma que ele a reconheceu em vida, aparecem reunidos aqui: O Cinema e sua Influência na Vida Moderna, ensaio que marca, em 1941, a sua estreia em livro, aos 46 anos de idade; Goeldi, outro ensaio, de 1955, sobre a obra do gravador; e Cadernos de João, que acrescenta novos textos aos contidos em ABC das Catástrofes-Topografia da Insônia, de 1951, e em Poemas em Prosa, de 1955.
Faz-se, além disso, uma compilação de sua obra crítica dispersa em periódicos, entre as décadas de 30 e 60, abrangendo estudos sobre literatura, artes plásticas, cinema e teatro, em que se incluem análises sobre Machado de Assis, Walt Whitman, Carlos Drummond de Andrade, Graciliano Ramos, Oswald de Andrade, Lasar Segall, Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Charles Chaplin, Bertolt Brecht.
A reunião deste conjunto de textos permitirá ao leitor reapreciar a capacidade analítica que fez de Aníbal Machado uma das presenças mais marcantes na afirmação da arte moderna no Brasil.
Arte de Viver e Outras Artes é o sétimo volume da Série Revisões.


FICHA TÉCNICA
A ARTE DE VIVER E OUTRAS ARTES - Cadernos de João, ensaios, crítica dispersa, autorretratos
Aníbal M. Machado
Apresentação: Leandro Konder
Ficção brasileira
Série Revisões, 7
Ensaios - interpretação
14cm X 21cm
332 páginas - R$60,00
ISBN: 85-85277-09-2